Archive for Uncategorized

::O melhor programa de culinária::

A televisão brasileira, de uns dez anos pra cá, lotou de programas femininos. Estes proliferaram uma vez que a TV notou que havia público para isso. Loiras, morenas e jovens e até senhorinhas fazem a alegria da dona-de-casa com assuntos voltados para seu dia-a-dia e afazeres, e culinária. Aliás, esta última a sensação do programa, tanto para quem assiste, quanto para quem faz.  O Panelada fez uma lista com os melhores quadros de culinária dos programas de TV, e no final, dá uma conclusão sobre qual o melhor.

>Mais Você:  A famosa Ana Maria Braga, a loira do louro José, mudou de emissora, ganhou mais classe, mas continua fazendo suas receitinhas na TV (ou fingindo que está!). Sempre assessorada por chefs renomados, apresenta receitas que, ou são dificílimas, ou caríssimas, ou super simples como brigadeiro.

> Mulheres:  Cátia Fonseca, a morena zóiuda, substituiu a loira, mudou de emissora, mudou de novo e continua com as receitinhas. É mais didática que Ana Maria. Às vezes didática demais… Dá a impressão de que a telespectadora é burra.

>A Tarde é Sua: de vez em quando Sônia ainda faz também uma comidinha. Mas prefere falar do interminável “caso Isabella”.

>TV Culinária: Minha querida Palmirinha Onofre! Engraçadíssima! A senhorinha que esquece de lavar “as mão”, manda sempre um beijo “pras amiga” e dança o sertanejo do “Milagrinho” enquanto o liquidificador bate, remete à vovó do Sítio do Picapau Amarelo mas passa a receita pela metade… vai saber, né!

Conclusão: melhor mesmo é seguir o livrinho da sua vovó, ao invés de escutar as vovós da tv!

Por Fábio Paula

Comments (4)

A História do Macarrão

O Criado por um chinês, cultivado pelos italianos, o macarrão deu certo no Brasil também. A fórmula é simples e econômica e o repertório, variado. De tal forma que saborear uma boa massa virou programa (como atestam as inúmeras casas especializadas na sua venda e serviço). No mais, há sugestão para se experimentar o prazer de preparar (integralmente) o macarrão em casa: da massa ao recheio, sem esquecer do molho.

 

Consta-se que foi Marco Pólo quem trouxe o macarrão da China. Mas os italianos, provavelmente insatisfeitos com o fato de que o prato mais popular de sua cozinha tenha origem chinesa, acabaram descobrindo que no testamento do militar genovês, Punzio Bastone, lavrado pelo tabelião Ugolino Scarpa, em 2 de fevereiro de 1279, 13 anos antes da chegada de Marco Pólo, havia, de herança, uma caixa de “macarrones”, ou seja, massa seca. Os americanos, porém, vão mais além. Garantem que antes da fundação de Roma, o macarrão já era conhecido.

 

Mas tudo indica que, ao contrário do que se pensa, a origem do macarrão não é italiana, mas sim chinesa. O macarrão foi descoberto pelo explorador Marco Pólo, no século XIII, na China, em uma de suas famosas viagens. De volta á Itália, difundiu o tipo de alimento, que teve a aprovação dos italianos, tendo em seguida se espalhado por toda a Europa. Baseado na filosofia chinesa de comida natural, a massa utilizada na elaboração do macarrão é feita, desde aquela época, a partir de ovos frescos, farinha de trigo e água pura.

Deixe um comentário

.: Comidas estranhas:.

Bizarrices à parte…

            Quem nunca comeu comidas estranhas levanta a mão! Pois tem gente que não só levanta a mão, como assume mesmo e coloca até no Orkut que gosta de se empanturrar de bizarrices!

            Ainda não sabe do que estamos falando?? Bom, aí vão os exemplos: comida gelada, bolacha murcha, milho verde com sal e leite condensado, pão com manteiga e achocolatado, pão com ovo, pão com feijão ou feijoada, café com pamonha, chupar limão, arroz com arroz, arroz, miojo crú, feijão e macarrão… e por aí vai!

            O fato é que comer comidas com combinações bizarras não é o fim do mundo! É até bom! Psicólogos afirmam que esses costumes são uma forma de fugir da mesmisse do dia a dia, onde sempre comemos a mesma coisa. Ou então é só um gosto bizarro mesmo! AH, e podem ficar tranquilos: não há problemas com manga com leite à noite (a não ser a desenteria depois…)!

Comunidades no Orkut:

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=41636683
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1142261
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2293605
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=3715463
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=6128986
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=7114397

Deixe um comentário

McDonald´s ou Burguer King?

Mesma thing brôu!

A cultura é um fator determinante para delimitar a alimentação e as comidas típicas de cada localidade. Com certeza uma das cozinhas mais famosas do mundo é a cozinha americana, com seus fast foods gordurosos, que incluem hambúrgueres e batatas fritas. O fato de estes estarem presentes no cotidiano de todos é fundamentado em história e economia, por incrível que pareça… Em todo caso, não vamos discutir História ou Economia e Marketing, e sim o objeto em si: a comida!

Por isso vamos analisar as diferenças entre o McDonald´s e o seu mais novo arquiinimigo Burguer King. O McDonalds está no Brasil há muitos anos e seu sucesso é com certeza inabalável, pois mesmo com muitos concorrentes, se mantém no topo de vendas do ramo. Nos Estados Unidos, o McDonald´s não anda com essa bola toda não… O Buguer King chegou, se equiparou e passa a rede do palhacinho! Também, com uma loja em cada esquina, não há quem possa resistir!

A estratégia do McDonald´s é investir na qualidade e em preços acessíveis para os consumidores. Enquanto o Burguer King e seus Whoopers possuem uma produção bem industrializada. O Mc também, mas seu sabor ainda é melhor. No Brasil, o Burguer foi trazido, entre outras pessoas, pelo narrador futebolístico Galvão Bueno, e quando chegou, em São Paulo, causou furor e até se pensou na diminuição do Mc. Mas tudo ficou na mesma.

O Mercado ofereceu espaço para as duas redes. Na capital paulista, o maior trunfo do BK é a loja no cruzamento da Santo Amaro com a Hélio Pellegrino, que funciona 24 horas, possui refrigerante refil e faz a alegria da galera que volta das baladas na Vila Olímpia! Agora, cabe a você provar cada um dos lanches, analisar suas preferências de localidade e optar pelo melhor. E no fim das contas, verá que é tudo a mesma coisa!

  Texto: Fábio Paula     

Saiba mais:

http://www.bloggingstocks.com/2007/04/09/mcdonalds-vs-burger-king-battle-of-the-brands/
http://www.tvcomics.com.br/noticias/index.php?page=news&op=readNews&id=8
http://www.blogdeguerrilha.com.br/2005/08/19/segundo-round-mcdonalds-vs-burger-king/

 

Comments (3)

Pedida original!

Pizzas Personalizadas

Sabe quando o maridão resolve fazer aquela reunião de família, ou reunião de amigos em casa, e deixa tudo ao encargo da esposa, que fica sabendo disso às vésperas do evento? A coitada da esposa fica naquele desespero, porque não tem nem idéia do que servir. Entra em choque!

Não tem coisa pior do que se ver nesse tipo de apuros! Pelo sim, ou pelo não, tem a saída de toda boa dona de casa: a lateral da geladeira! Os ímãs com os telefones das pizzarias nunca falham! Assim, a alimentação das visitas fica garantida, quente, sem trabalho algum no fogão e todos satisfeitos e felizes. Afinal de contas, quem não gosta de uma boa pizza?

Entretanto, a dona-de-casa não precisa parecer pouco criativa assim! Dá pra pedir uma pizza, não ter trabalho e ainda surpreender! Como? A resposta são as pizzas personalizadas! Você pode inventar a pizza, com os ingredientes que quiser, na disposição que você quiser! Difícil? Nada! A dica é: primeiro escolha um tema para a pizza! Por exemplo, escolha “Fundo do Mar” e encha de frutos do mar e peixe em sua pizza! Ou escolha um casal famoso, como Brad Pitt e Angelina Jolie e faça uma pizza meia doce, meia salgada e receba os méritos!

Bom Apetit!

As dicas vão para as duas capitais do país!

Rio: The Pizza

http://www.thepizza.com.br/

São Paulo: Pizzaria do Ângelo

http://www.thepizza.com.br/
 

Comments (1)

Eis Picanha ao Bafo

Eis Picanha ao Bafo

Na vida da gente, conhecemos grupos de pessoas diferentes de tempos em tempos. Às vezes os grupos já estavam prontos e também você fez parte de sua criação. Surgem do nada como numa festa de aniversário, na turma do inglês, na academia, na faculdade, no colégio, em alguma viagem, cidade, ou até na comunidade do Orkut! O que importa é que proporcionaram momentos agradáveis ou até inesquecíveis!

Você se sente mal por não conseguir vivê-los novamente, eis que nascem então os “Churrascos da Nostalgia”! Reuni todos em algum lugar como shopping, bar ou restaurante pode não ser muito bom, mas fazer um churrasco bem organizado sempre dá certo e é bem legal!

Você quer organizar? As dicas são: cobre antes! Estipule um valor X, e dê um número para cada pessoa que diz que vai. Passe o número da sua conta e peça para as pessoas depositarem o valor X mais o seu número em centavos! Por exemplo, se o valor do churrasco são dez reais, e eu sou a pessoa de número 23, eu deposito na conta do organizador R$10,23. Assim, ele vai poder identificar que eu paguei e eu, como paguei, com certeza vou!

Outra dica é abusar no pão, nas batatinhas e nas bebidas! A carne sempre demora a sair, então o pessoal vai comendo pão e batatinhas Ruffles, além de encher a cara, o que torna sempre tudo mais legal! Assim a picanha fica ao bafo! Bafo de bebida!

de: Fábio Paula

Comments (1)

Delícias da cozinha mineira

 
Delícias mineiras         

       

A cozinha mineira encanta porque é feita de pratos ricos em sabor e cheios de histórias próprias. São histórias bem brasileiras que remontam à época dos escravos, o ciclo do ouro, das pedras preciosas e que nos falam de cidades importantes como Ouro Preto, Diamantina, Sabará e outras, onde se escreveram muitas páginas da história brasileira.

A preparação desses pratos em ambientes modestos e com poucos recursos, termina por despertar um espírito criativo, seja nas misturas dos ingredientes, seja nos seus temperos, dando lugar assim a uma cozinha típica, muito rica e bem variada. O prato “feijão tropeiro”, por exemplo, era feito pelos homens encarregados do transporte do ouro desde as minas até a capital do país e era justamente nas paradas feitas durante a viagem que eles preparavam este prato duma maneira bem saborosa.

A cozinha mineira é toda baseada nos produtos de fundo de quintal, o porco, a galinha, o quiabo, a couve, o fubá. Por isso mesmo, é simples mas de um sabor inigualável e marcante. Está intimamente ligada à cultura do povo que a iniciou através das cozinheiras das grandes fazendas.

Uma ótima opção de um restaurante mineiro típico é o À Mineira em São Paulo.

Mais informações no site: http://www.restauranteamineira.com.br/

Deixe um comentário

Older Posts »